Vida com Estilo

/O modo de viver à sua moda

Ai que saudades que eu tenho... Nostalgia no moderno design retrô

O design com inspiração vintage aposta na memória afetiva aliada à alta tecnologia
| Por: Da Redação
Ai que saudades que eu tenho... Nostalgia no moderno design retrô

O que nos faz sempre querer voltar ao passado? Filmes, livros e canções já contaram esta história. Agora a cultura pop através do design também adere a esta onda de saudosismo dos bons tempos de outrora. Mas nada de olhar para o que ficou como relíquias ultrapassadas de colecionadores. Os apreciadores nostálgicos não abrem mão do futuro, dos avanços tecnológicos conquistados pela modernidade. Para aliar as boas lembranças com um toque futurista, o design retrô investe na transformação do tempo.

O passado mais que moderno

Se observarmos bem, esta tendência está presente em quase tudo. Na moda, nos acessórios, em objetos, na arte gráfica, em móveis e decoração.  A nova ordem de consumo parece avisar: o mundo está com saudades!  Um bom exemplo é a linha retrô da Brastemp que desde 2007 lançou geladeiras, frigobares e fogões composta em três cores: vermelho, amarelo e azul. O design pode ter a cara do passado, mas não deixa a dever em termos de tecnologia. Os produtos da linha retrô da Brastemp aliam estética com funcionalidades e inovação. O design deu formas à década de 50, preservando os traços clássicos com o moderno, com linhas mais arredondadas, puxadores externos salientes, grafismo no painel, abas laterais, detalhes cromados e a figura do tradicional esquimó. Isso tudo sem esquecer a praticidade, tecnologia e conforto, com a melhor economia de consumo de energia, controles eletrônicos e a qualidade. Para garantir esta volta ao passado, os eletrodomésticos que são produzidos em menor escala, tem preços altos que podem variar de R$ 999,00 a R$ 7.999,00.

Hoje o retrô pode ser conferido em vários produtos para quem quer guardar a história do tempo, como os velhos vinis que foram abandonados com a chegada dos CDs e agora voltam ao seu lugar de peça cult  através das  releituras de vitrolas e toca discos antigos. Só que estas também estão aliadas à contemporaneidade e tocam CD, MP3, dispõem de entrada para pendrives e USB, resgata as esquecidas fitas K7 e sintonizam rádio AM e FM. Sem falar nas charmosas jukebox, que embora apresentando uma boa dose de nostalgia no exterior, tem o seu interior cheio de todas as tecnologias modernas e de última geração. A empresa LG de produtos eletrodomésticos e eletrônicos também acreditou  nesta proposta e lançou TV Retrô, com tela de 14 polegadas, antenas e bases cromadas removíveis. A graça está em você ter três opções de cores para assistir seus programas: colorido, preto e branco ou sépia, preservando o ar nostálgico dos anos 60.

As novidades não param por aí. Temos também os charmosos rádios Trend, ícones da década de 50. A ousadia veio ainda da empresa Philco que trouxe o design dos mesmos anos 50 para sua nova linha de computadores que lembram máquinas de escrever antigas ao invés dos teclados modernos. No mundo dos Iphones, a criatividade e o lúdico  aparecem em diversas versões de telefones coloridos ou discados que trazem irreverência e uma mistura de cultura pop na decoração com funcionalidades de um aparelho comum. Ainda podemos ver o retrô em móveis como cadeiras e estofados que passeiam pela cultura de diferentes épocas, misturando estamparias, texturas e matérias. A nostalgia também está presentes nas deliciosas moringas para quem gosta de matar a sede à noite e não quer levantar-se para ir à geladeira.

Memórias embaladas

Outros ícones pops de inspiração na história da marca estão sendo revisitados nas suas embalagens e designs. São empresas como a Nestlé que trouxe no fim de 2009 a reedição dos rótulos de Leite Moça de 1937, 1946, 1957, 1970 e 1983 em embalagens com edição limitada. A Nestlé aproveitou a ideia na  edição limitada do achocolatado Nescau com a série dos grafismos mais marcantes da história do produto, em quatro embalagens de diferentes épocas: 1932, 1960, 1986 e 1998 . O refrigerante mais bebido do mundo também não ficou por fora. A coca-cola procurou no baú de memórias da empresa, inspiração para lançar garrafas e latas do refrigerante inspirada nos anos 40.

Releitura X Réplica

A empresa Whirlpool Latin America pesquisa as  tendências de comportamento e desejo dos consumidores. Contratadas pela família Brastemp visibilizou que hoje as pessoas querem esta mistura de tempo, do passado e do futuro, mas nada que lembre objetos mofados com cheiro de naftalina. O design tem que ter inspiração vintage, preservando o que aprendemos de bom com o passado, aliado às boas descobertas que o futuro nos trará. A ideia é preservar o design, as formas e cores, no entanto, não se deve esquecer que é uma releitura, uma interpretação da década em que foram inspirados aqueles produtos e não uma réplica original. O que se observa é uma vontade do consumidor de buscar no tempo algo mais seguro e estável, já que a veloz modernidade com seu excesso de informação, estímulos, consumo e descarte já não deixa mais marcas nem histórias. Bem vindos a esta máquina do tempo, que traz o melhor das lembranças com a inovação futurista. O passado nunca foi tão moderno!

VEJA A GALERIA E ABRA O BAÚ DE MEMÓRIAS