Tá na Rua

/A moda desfila na passarela urbana

A tradição do quimono veste o Ocidente

A veste que espelha a herança japonesa incorpora-se às passarelas urbanas
| Por: Da Redação

A túnica longa, traspassada e presa por faixa na cintura veste uma cultura milenar. Em seda, com cores vibrantes e estampas que quase sempre reproduzem a exuberância da natureza o quimono está relacionado a muitos rituais da cultura japonesa. No entanto, há algum tempo a tradição assume atitude fugidia e se desprende do território nipônico para fazer parte do vestuário Ocidental. Rompe com os laços formais, ensaia novos comprimentos e mistura-se a símbolos da moda contemporânea como o jeans.

Da cerimônia do chá e celebrações aristocráticas do Japão às passarelas. A veste que carrega referências herdadas entre gerações por mais de dois mil anos se adequa sem restrições à pluralidade e democracia do figurino que compõe o século 21. Nas recentes semanas de moda de Londres e Milão marcas como Prada, Issa London e Etro utilizaram o exotismo do quimono como ponto marcante de suas coleções primavera-verão 2013. Uma confirmação de que as aparições da peça nas metrópoles ocidentais estão em expansão, conectam povos, compartilham história e diminuem distâncias. Mesmo as geográficas... Coisas da moda.