Tá na Rua

/A moda desfila na passarela urbana

Tem macacão na maior folga por aí!

A peça utilitária que saiu dos galpões industriais dos anos 40 prova que está mais atual do que nunca
| Por: Da Redação

A versatilidade do macacão anda solta nas ruas. E faz tempo! Ele saiu dos galpões das fábricas armamentistas da Segunda Guerra Mundial para ser urbano. Peça única e inteiriça é literalmente utilitária para situações que exigem pressa e a inspiração passa longe para combinar e decidir o que vestir.

Longo e curto, com ou sem manga. Listrado, de poás ou floral. De algodão, seda, cetim, lurex ou paetês... Dia ou noite? Não importa. O macacão incorpora todas estas possibilidades e vem marcando presença no fundo de armário desde a temporada outono-inverno. E o passaporte indica que sua estadia avança sobre o verão para mergulhar novamente no friozinho do hemisfério Norte com novas cores e texturas.

Atualizado, é bem mais minimalista do que foi desfilado pelos trendsetters na década disco. Detalhes como zíper, botões e abas foram minimizados. As peças de cortes simples são transformadas pelos acessórios e sobreposições. Cintos, faixas, lenços, boleros e jaquetas cuidam da metamorfose.

Os modelos para os dias calorosos transbordam em florais e tecidos molengos, perfeito para um saruel contemporâneo. Em malhas, viscose e jeans a versão tomara-que-caia fez uma escalada surpreendente na cotação das marcas que investiram na peça com cara fashion  dos anos oitenta. Na noite, ganha ar sofisticado com tecidos nobres, decotes mais profundos, brilho metalizado e até paetês.

Por ser um curinga que alonga a silhueta, a aposta certeira está nas ruas, seja dia ou noite. Uma prova de que a moda não deixa de revisitar o passado para resgatar design e história com gosto de nostalgia que cabe direitinho nas passarelas urbanas. E tudo com um jeito bem atual!