Moda

/Porque é tendência estar bem informado

Joias raras de Joel Arthur Rosenthal no MET

O design requintado e artesanal do joalheiro americano ganha retrospectiva no Metropolitan Museum
| Por: Redação

Safiras, topázios, diamantes, turmalinas. Pedras preciosas para joias com status de arte. Por trás do design único e qualidade da matéria-prima está o requinte que enaltece o nome do americano Joel Arthur Rosenthal no rol dos maiores joalheiros da história. Suas criações ganham no Metropolitan Museum of Art (MET), em Nova Iorque, a exposição "Joias por JAR" que constitui a primeira dedicada a um artista contemporâneo de joias e compõe uma retrospectiva da sua obra na América. Aberta em novembro passado, a mostra convida à visitação até 9 de março de 2014.   

Cerca de 400 peças integram a exposição. O estilo clássico de Rosenthal inspira comparações com o joalheiro russo Fabergé (1846-1920), conhecido pelas obras de arranjos florais, animais e ovos de páscoa em ouro e pedrarias confeccionados para a família imperial da Rússia. A seleção das joias pelo MET emoldura o seu fascínio pelas formas orgânicas - sobretudo flores - executadas artesanalmente com o domínio técnico que explora a profusão de cores. Lado a lado, pedras como diamantes, safiras, granadas, rubis, topázios, opalas e citrinos criam uma trama de superfície contínua que faz desaparecer a base metálica de broches, braceletes, brincos e colares atemporais.  

Radicado em Paris, com ateliê sem identificação localizado na Place Vendôme desde 1977 (um dos endereços mais luxuosos da capital francesa), Joel Arthur Rosenthal adotou a abreviatura JAR. O mito da ouriversaria é avesso à publicidade e atende pessoalmente a uma clientela restrita que não se opõe a pagar entre 50 mil e 1 milhão de dólares por uma joia. A produção reduzida e exclusiva limita-se à confecção de 70 a 80 peças anuais. Esculturas ladrilhadas no perfeito equilíbrio estético que faz uma borboleta ou uma flor parecerem reais.

 

Serviço:

Exposição Joias por JAR

The Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque (EUA) 

De 20 de novembro de 2013 a 9 de março de 2014  

Brincos Tulipa: rubis, diamantes e safiras amarela e azul  (Foto: reprodução)