Moda

/Porque é tendência estar bem informado

Miscigenação brasileira no Fórum de Inspirações

O Inspiramais, salão de design e inovação, mergulha nos vestígios da colonização brasileira para compor as cores, formas e novos materiais do Verão 2014
| Por: Raquel Medeiros

Na mistura dos povos, os vestígios da colonização que faz do Brasil o país da diversidade. A soma das referências culturais está por todos os lados: na cor da pele, na profusão de ritmos que chegam aos ouvidos, nas formas da arquitetura que abriga o passado, nas cores das pinturas tribais que tingem mais que corpos e nos aromas e sabores da culinária que revela o tempero da miscigenação. Nestas e outras raízes residem o testemunho que serve de tema para nortear o Verão 2014 do Fórum de Inspirações. O evento realizado pela Assintecal, Footwear Componentes by Brasil e Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) integra o Inspiramais, maior salão de design e inovação de componentes da América Latina. A 7ª edição acontece nos dias 16 e 17 de janeiro de 2013, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

É do Brasil multicultural posicionado na mira do mundo que o estilista Walter Rodrigues, coordenador do Fórum de Inspirações, explora informações antropológicas para embasar as tendências de uma moda com identidade própria. O País que vai sediar a Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo (2014) e os Jogos Olimpícos (2016) atrai olhares do mercado externo. Investidores e consumidores interessados em aportar e adquirir produtos carregados de sentimentos e simbologias da cultura material e imaterial da terra do samba, do futebol, das florestas, do carnaval e das praias paradisíacas. Buscam alegria, cores, ginga e poesia entranhados em cada detalhe. "Devido às exigências impostas pelo mercado, precisamos compreender quem somos e como devemos nos posicionar no mundo de hoje. Para tal, necessitamos nos tornar competitivos, criando produtos originais, globais e inovadores, baseados em nossa identidade", argumenta o estilista na página virtual que apresenta o evento.

A junção dos povos por testemunho

O tema Testemunho passeia pela junção dos povos europeus, indígenas e africanos que pisaram o solo brasileiro. Essa tríade e suas marcas conformam o ponto central das referências que antecipam e revestem o próximo verão. Origens distintas fundidas em um cenário ímpar. O todo que se revela em porções de manifestações e expressões perceptíveis ao olhar atento e capaz de ser surpreendido pelas minúcias que a história conta e reconta. Tais elementos estruturam a pesquisa e subsidiam cartela de cores, materiais, formas e texturas para a indústria têxtil e calçadista.  

Os europeus dão "pano pra manga" dentro do apanhado de dados que norteiam o Fórum. Dos colonizadores portugueses, franceses, espanhóis e holandeses que disputaram fatias da terra Brasilis ficaram heranças das tradições e, também, memórias trazidas em baús. Literatura, arquitetura, culinária, música, arte, ofícios e vestimentas tecem parte da trama civilizatória. Walter Rodrigues enfatiza a palavra "recriar" que olha para a moda e resgata a nostalgia do europeu que influenciou o desenvolvimento do país. A mesma aura nostálgica estaciona nos dourados anos de 1950 com toda a efervescência da industrialização que contamina modos e comportamentos. Deste universo salta o mobiliário, o design gráfico, os veículos e as pin-ups que abastecem tendências.

A sensualidade e elegância são pistas dos africanos. Os negros trazidos para o Brasil no século XVI - como força de trabalho escrava - deixaram amarras enérgicas e consistentes na cultura.  A música ritmada, os ritos de fé e a dança colaboraram para o perfil alegre, festivo e sedutor que o Brasil esbanja. O ambiente colonial que impulsionou o ciclo açucareiro faz um link com a magnitude da estética barroca expressa nas fachadas das igrejas e nos altares ornados com ouro. Um caldeirão de referências que refletem a opulência, excessos e volumes dos componentes desenvolvidos nos laboratórios de design.

O legado da cor também tem morada na ancestralidade indígena que constrói o último conceito da pesquisa que sedimenta o preview de inspirações. A organização tribal, a floresta, os objetos cotidianos feitos à mão, os enfeites elaborados a partir de plumas e sementes, os corpos pintados com urucum, os desenhos geométricos... A vida integrada à natureza. Ingredientes que nutrem o mimetismo e a sustentabilidade. Lições de sabedoria sobre equilíbrio e responsabilidade com a Terra.

A cara do verão 2014

As pesquisas elaboradas pelo Núcleo de Design da Assintecal concentram o trabalho de 130 empresas que desenvolveram 780 materiais para esboçar a cara do verão 2014. Como na miscigenação, as tendências referendam a fusão da cultura do europeu, indígena e africano e seus hábitos agora explorados em cores e texturas. Do mesmo território brotam tramas, bordados e adereços que estabelecem a convergência das origens. A cartela de tons aponta para o predomínio do azul que contracena com cores quentes como vermelho, laranja, rosa e amarelo. A sobriedade reside na variação dos marrons, cinzas e beges.  Um verão com o testemunho concreto e os sentimentos que envolvem a etnicidade brasileira. Único.

 

"Eu brasileiro, eu euroafroíndio"

   

Serviço:

Inspiramais - 7ª Edição

Quando: 16 e 17 de janeiro de 2013

Onde: Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca

Informações: inspiramais.com.br