Moda

/Porque é tendência estar bem informado

A moda faz uma celebração à natureza

Elementos da natureza brotam em estampas para celebrar o verão que se aproxima
| Por: Da Redação

A moda celebra a natureza. Através das roupas e acessórios diz sim ao verde, à agua e a terra...  E aos materiais orgânicos, de produção limpa e sustentável. As estampas salpicam flores, frutos e bichos e harmonizam um verdadeiro mosaico de cores e desenhos. Diante do espelho, as tendências que aguardam o solstício de verão refletem quase ao pé da letra o passado áureo dos anos 70. Faz recordar o conceito da geração hippie que na contramão da industrialização lançou sementes de uma consciência ecológica, onde o poder das flores imprimiu a mensagem de paz e equilíbrio com o meio. 

De onde vem a conexão com a mãe natureza? Os arquivos da moda dão pistas de nostalgia somadas à necessidade de interceder pela harmonia do planeta. Seguindo a transição das temperaturas que se movem em direção às alturas e de todas as referências que impregnam o verão, nada mais "natural" que cores refrescantes, tecidos de algodão e formas confortáveis.  Os paraísos tropicais seguem na crista da onda, convidando a um mergulho na fauna e flora... E ao fundo do mar. As profundezas oceânicas e seus segredos mais íntimos transbordam como fontes de inspiração.

Há um perfume do estilo boho nos vestidos longos, nos florais que convocam à uma passagem na história da moda. Uma visita às criações de Bill Gibb, eleito pela revista Vogue o estilista do ano em 1970. O amante da natureza - nascido na Escócia - baseou sua coleção em temas como o bosque, as montanhas e o mar. Sedas, chiffons e algodão davam vida às peças de estampas vivas e selvagens que não economizavam saias rodadas, sobreposições e mangas exuberantes. Um relato nostálgico, de memórias que como agora vêm à tona. De forma muito natural.