Moda

/Porque é tendência estar bem informado

Design com potência e arrancada retrô

Os anos 50 delimitam a estética da marca Prada provando que o passado continua de moda
| Por: Da Redação

O design sintoniza na década de 50. É a marca italiana Prada que para nesta faixa do tempo para colher a estética que embalava os sonhos da sociedade do pós-guerra. A campanha primavera-verão 2012 - com peças desfiladas na semana de moda de Milão - estabelece o ar retrô e o estilo pin up que invadia as telas do cinema. A fotografia e vídeo realizados pelo célebre Steven Meisel registram tudo. Um posto de gasolina compõe o cenário urbano da época desenvolvimentista dos Estados Unidos. Uma simbólica captura cotidiana da vida "perfeita e moderna" com mulheres sedutoras retocando a maquiagem na bancada de couro dos cadillacs de rabo de peixe e faróis móvéis (cyclops eye).  Feminilidade ingênua e também agressiva encarnada em saias lápis, cinturas marcadas, vestidos bordados, plissados perfeitos, sedas fluidas, tons pastéis e bocas vermelhas.

Recortes dos ícones da indústria automobilística estão reproduzidos nos acessórios. Sobretudo, nas ousadas sandálias com saltos stilletos que remetem a detalhes da própria aerodinâmica dos cadillacs Coupe de Ville. Foco nos faróis e nos enfeites dos parachoques chamados de "dagmar" em homenagem  aos seios voluptuosos de uma atriz americana de mesmo nome que causava furor por suas curvas perigosas. No vídeo da Prada, as modelos Natasha Poly, Meghan Collison, Elise Crombez, Ymre Stiekema, Guinevere Van Seenus e Kathryn Kruger transitam entre caras e bocas com um fundo musical selecionado por elas nos rádios dos painéis das máquinas que eram desejo de consumo no mundo inteiro. A sedução acelera a ideia da grife conduzida por Miuccia Prada: moda com uma arrancada ruidosa no design e nostalgia. 

Clique para dar partida no vídeo de Steven Meisel