Moda

/Porque é tendência estar bem informado

Mocassim, sim!

Clássico que marcou o início dos anos 90 o mocassim volta repaginado para calçar algumas estações
| Por: Da Redação

O mocassim pisa forte na cena da moda. Desde as pegadas expressivas no início dos anos 90, quando desfrutou da condição de estrela nos pés dos fashionistas, andava meio encaixotado. Agora, volta repaginado e esbanja segurança do alto dos saltos grossos, cores vibrantes e estampas. A versão original - baixíssima - que traduz flexibilidade e conforto também tem espaço garantido no armário de verão de homens e mulheres.  No Brasil, a aparição do calçado já carimbou passaporte para seguir nas coleções de outono-inverno.

Da sua origem indígena no século 18, atribuída à tribo Navajo que habita o Sudoeste dos Estados Unidos, o mocassim já fez uma longa caminhada até seu retorno triunfal. Os primeiros pares foram confeccionados com casca de árvore e couro de búfalo. Foram anos de evolução até inspirar os "caras pálidas" que aprimoraram o design que caiu no gosto popular. Estrelas como Elvis Presley posaram com o modelo na década de 50, em pleno reinado do rock and roll onde a rebeldia usava calça capri, tricô e topete no cabelo. O mesmo modelo exibido com meias brancas seria  convertido na assinatura simbólica do Rei do Pop, Michael Jackson, trinta anos mais tarde.

Recentemente, as grifes Louboutin, Prada e Balenciaga atualizaram este clássico calçado masculino com cores chamativas, detalhes metálicos, costuras aparentes, franjas e saltos exorbitantes. Ficou ultrafeminino!  As celebridades aderiram e logo foram copiadas em série. A aposta na tendência vem incitando as "tribos" fashionistas a desfilarem seus pares. E pelo passo deve durar muitas luas, tomando emprestada a contagem do tempo pelos índios.