Costurando Idéias

/A cultura de moda alinhavada com história, sustentabilidade e comportamento

O estilo blindado da "Dama de Ferro"

A identidade inflexível da ex-premiê britânica também foi construída com um figurino sóbrio
| Por: Raquel Medeiros

A personalidade tenaz e a imagem calculada sem vestígios de emoção também estão expressas no guarda-roupa sóbrio, blindado às tendências fugazes e aos excessos. A relação da moda com o poder surgiu ajustada e sob medida para forjar a imagem de Margaret Thatcher no cargo de premiê da Inglaterra nos três mandatos consecutivos entre o período de 1979 a 1990. A "Dama de Ferro"- como ficou conhecida pelo autoritarismo - faleceu nesta segunda-feira (08.04), aos 87 anos, em Londres. A imprensa mundial recobrou além das memórias do liberalismo que despertou amor e ódio entre os britânicos - recortes do estilo polido de vestir que nunca excedeu seu olhar e voz cortante.

O termo "thatcherismo" que passou à história como referência do modelo de política austera da líder do partido conservador não chegou à fronteira da moda. No entanto, distante de ser considerada um ícone fashion, Thatcher reforçou a silhueta da mulher da década de 1980 dentro de um tailleur de ombros armados que transmitiam força, consistência e segurança. A alfaiataria clássica modelou uma receita atemporal combinada ao colar de pérolas - quase inseparável - e aos broches na lapela. A bolsa preta estruturada, da centenária marca londrina Asprey, marcou sua indumentária e ficou definida por ela como "o único lugar seguro em Downing Street", endereço do escritório governamental em Londres. Com consciência sobre o poder da roupa e importância da aparência chegou a declarar: "Eu visto o meu melhor do domingo sete dias por semana".

O azul da cor partidária deu o tom da maior porção do figurino fiel a grifes como Donegal, Delbury e Susan Smallos. À imagem pública a "dama ferrenha" não mesclou roupas de vermelho berrante por considerar o tom inapropriado. Diante dos britânicos e do mundo cuidou de enviar mensagens embutidas na postura ereta, no dedo em riste, no andar firme sobre sapatos de saltos médios e na maquiagem discreta. As atitudes premeditadas estiveram embasadas na racionalidade acentuada e na ocultação dos sentimentos. A mulher mãe de dois filhos conteve sorrisos e choros em público para não dar vazão à ideia de fragilidade. O seu legado de vaidade e beleza - do qual jamais descuidou - residiu no cabelo castanho de fios no lugar, penteados em direção à nuca ao longo de uma vida inteira. Uma assinatura de estilo inflexível afinada com a postura inabalável.

 

Thatcher com o líder russo, Mikhail Gorbachev, em 1987  (Fotos da Galeria: reproduções)