Costurando Idéias

/A cultura de moda alinhavada com história, sustentabilidade e comportamento

Conversações impossíveis de Schiaparelli e Prada

Duas estilistas de épocas diferentes unidas através do diálogo de suas criações
| Por: Da Redação

Dois nomes. Duas mulheres unidas pelo fio da moda costurada com parâmetros de ousadia desconectados do tempo vivido por cada uma. A irreverência das italianas Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada ganha formato de exposição no Costume Institute do The Metropolitan Museum of Art, em Nova York, para estabelecer diálogos que ignoram quase seis décadas que separam suas histórias e vidas atadas a revoluções e transformações que mudaram o mundo. Colocadas frente a frente - como se fossem resultados da imagem devolvida pelo espelho - há nelas reflexos de contraposição e conformidade, passado e presente. A mostra intitulada "Schiaparelli and Prada: impossible conversations" será aberta ao público no dia 10 de maio com a proposta de novas leituras sobre as protagonistas que têm na estética da moda um processo de linguagem que comunica arte, comportamentos e desejos.

A inspiração da mostra está na coluna "Impossible Interviews", publicada pela revista Vanity Fair na década 30. Neste espaço editorial, o pintor e etnólogo mexicano Miguel Covarrubias polemizava com conversas fictícias travadas entre pessoas influentes que sequer se conheciam. Elsa, nascida em Roma (1890-1973) trabalhou em Paris desde 1920 até fechar as portas de sua casa em 1954. O surrealismo - sobretudo de Salvador Dalí - marcou suas concepções inusitadas. Miuccia, com data de nascimento em 1949 e formação em ciências políticas, imprime ares pós-modernos às criações que movem as grifes Prada e Miu Miu. Uma declaração do curador da mostra, Harold Koda, na página do Metropolitan, afirma que "justapor o trabalho de Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada permite enxergar como o passado reflete no presente e como o presente reanima o passado".

Organizada em sete galerias temáticas a exposição reúne cerca de 90 criações de Elsa entre os anos de 1920 e 1950. As peças de Miuccia datam da década de 1980 até os dias atuais. Uma série de vídeos dirigidos por Baz Luhrmann vai colocar o espectador no papel de voyeur, observando e ouvindo os pensamentos privados das duas mulheres. As conversas ficcionais baseiam-se em torno dos conceitos que denominam cada etapa a ser apreciada. Conteúdos que enfrentam convenções normativas de gosto, beleza, glamour e feminilidade.

Galerias Temáticas

Da cintura para cima / Da cintura para baixo - O eixo é a estética entre o uso de detalhes decorativos das roupas de Schiaparelli em resposta à maneira como as mulheres se vestiam para ir a cafés e restaurantes no auge dos anos 30. Abaixo da linha da cintura, explora em Prada a expressão simbólica da modernidade e feminilidade. Um desmembramento desta galeria, chamado "pescoço para cima / joelhos para baixo", vai mostrar chapéus Schiaparelli e calçados Prada.

Ugly Chic (Chic feio) - Desvela como a obra de ambas subverte os ideais de beleza tradicionais, jogando com cores e padrões discordantes.

Hard Chic (Chic rígido) - Explora a influência da moda industrial, militar e masculina como expoente de uma estética sóbria e severa.

Naif Chic (Chic ingênuo) - Incide sobre a adoção de uma sensibilidade feminina e ingênua utilizada por Schiaparelli e Prada para subverter as expectativas de uma idade apropriada no vestir. 

The Classical Body (O corpo clássico) - Incorpora também o "O Corpo Pagão" e explora o envolvimento das designers com estéticas da antiguidade, através do olhar sobre os séculos XVIII e XIX.

The Exotic Body
(O corpo exótico) -  Explora a influência de culturas orientais através de tecidos e silhuetas. Contempla uma estética fora dos padrões e das tradições europeias.

The Surreal Body (O corpo surreal) - Analisa a forma como ambas estilistas contornam significados convencionais para afirmar conotações sexuais e psicológicas. Também contrapõe as fronteiras entre realidade e ilusão, o natural e o artificial.


Serviço

Schiaparelli and Prada: impossible conversations

De 10 de maio a 19 de agosto de 2012

The Metropolitan Museum of Art (MET), Nova York