À Moda da Casa

/ A moda com tempero paraibano

Brasilidade à flor da pele

| Por: Raquel Medeiros

Da mistura dos povos e dos vestígios da colonização nasce o Brasil da diversidade.  A trama de referências culturais é própria do país continental e adoça a pronúncia da palavra brasilidade. Não há definição exata para a identidade expressa na cor da pele, na profusão de ritmos, no desenho da arquitetura que abriga o passado, nos aromas e sabores da gastronomia que revela o tempero da miscigenação. O caldeirão cultural testemunha as raízes antropológicas e atrai os olhares do mundo com a Copa que está em campo e com as Olimpíadas que em 2016 terão o Rio de Janeiro como casa. Essa atmosfera evidencia a cartela dos tons pátrios que envolve o editorial "À Flor da Pele", do fotógrafo e designer paraibano Wellington Jan.

Como um recorte da criação e originalidade do Brasil, o editorial sublinha a moda paraibana. O olhar aguçado e a estética harmoniosa de Jan resultam na construção de texturas e na explosão de cores que dá visibilidade às peças elaboradas por alunos da turma de modelagem do Senai CTModa de Campina Grande. Nos acessórios, destaque para as "bolsas mangue" do designer de produtos Sérgio Matos, o mato-grossense radicado na Paraíba que faz da porção mais oriental do país seu berço de inspiração. O stylist é de Rafael Lemos, maquiagem de Liah Peperoni e modelos da Agência Team.

Serviço: 

Wellington Jan