À Moda da Casa

/ A moda com tempero paraibano

Corais de Acaú: maré cheia para o arrecife artesanal e sustentável

As conchas do marisco são a matéria-prima para os objetos com design inspirado nos corais
| Por: Raquel Medeiros

O mar é o parceiro de uma vida inteira. Na linha do horizonte, até onde a vista alcança, as marisqueiras de Acaú - praia do município paraibano de Pitimbu - enxergam nele a certeza do alimento à mesa e do sustento. É também, além de lugar das extensas jornadas de trabalho, a porção mais doce que agora inspira um mergulho na arte. Desde o mês de junho, entre as horas em que não estão revirando a areia para a cata do marisco, as mãos entregam-se ao design. Com arame, fio de algodão e uma camada de conchas trituradas elas dão vida a vasos, fruteiras e luminárias na forma de corais coloridos. O arrecife artesanal - resultado da consultoria do designer Sérgio Matos através do Programa Expoart do Sebrae Paraíba - estabelece o elo da sustentabilidade com a identidade cultural.

Vermelhos, amarelos, laranjas... As cores multiplicam-se nas peças da coleção "Corais de Acaú" e pintam para o grupo de 18 mulheres a rota de navegação pelo universo do design. A sede da Associação das Marisqueiras de Acaú é o estúdio improvisado onde a cada quinzena as novas artesãs recebem a consultoria e exercitam o desenvolvimento dos produtos. O encontro dá sequência às ações para aperfeiçoar as técnicas utilizadas no processo criativo e aguça o senso crítico e estético. Mais que dobrar arames e enrolar fios que reproduzem o formato do coral Chifre de Alce (Staghorn Coral) as lições estimulam o olhar sobre a homogeneidade da produção e a capacidade de elaborar outros objetos.

O vínculo do mar espraiado nas experiências de vida das mulheres surge convertido na essência do projeto. "O descarte das conchas do marisco delimitou o ponto de partida. A proposta do Sebrae era transformar a matéria-prima presente no cotidiano delas e na economia do município em design. O desafio representou inúmeros ensaios até chegar à definição do produto. O mais gratificante é perceber que a forma e textura das peças elaboradas pelo grupo aproximam-se com fidelidade dos corais que as inspiram. Esse fator diz muito da originalidade do material e do empenho colocado no trabalho. Pontos que são determinantes para o mercado", assinala Sérgio sem esconder o orgulho de fazer parte das mudanças que ancoram na comunidade.

Design Intrigante

As histórias são diversas, como as faixas etárias. Com idades entre 19 e 58 anos a experiência das marisqueiras de Acaú com o design traz à tona habilidades adormecidas, desperta desejos e expõe reflexões. O olhar vivaz e o tato apurado acostumados a detectar o marisco nas baixas da maré entregam-se ao sabor de desbravar as próprias potencialidades. "Tudo é intrigante. Quando a gente vê a peça pronta fica imaginando o quanto ela é importante. Primeiro, pela maneira como é feita. Depois, por saber que ela acaba falando da nossa relação com o marisco e da riqueza natural do próprio lugar. Ela fala da gente e de Acaú", reflete Marizete Ferreira, 45 anos, com o profundo reconhecimento de que o design é um divisor de águas na sua vida.

A autoestima içada pelo projeto transborda no cotidiano do grupo. No sobe e desce das marés, no balé das ondas e na cata do marisco sopram ventos de prosperidade. "Me sinto fantástica... É muito bom ver que as pessoas estão admirando o nosso trabalho", destaca Alba Maria Pereira, que aos 31 anos incorpora o design como bússola para direcionar caminhos que começam no Salão de Artesanato da Paraíba, em dezembro deste ano. A mesma sensação bate à porta da irmã Anamaria, 37. O brilho nos olhos fala mais que o seu estado de espírito assim resumido: "Maravilhada". A palavra que começa sua escrita com o "mar" deságua o sentimento coletivo de otimismo e esperança. Maré cheia para sonhar.  

 

As artesãs dos "Corais de Acaú"

Alba Maria Pereira Correia

Ana Cristina Pereira Correia

Anamaria Pereira Correia

Anilza Maria da Conceição Barbosa

Eliete do Nascimento França

Eroneide Francisca Alves

Ester Lopes dos Santos

Evelyn Diana Barbosa da Silva

Fabiana da Silva Santiago dos Santos

Gilvanete Maria de Souza

Josiele Alves de Araujo

Karla Caline Gomes dos Santos

Lia Caju Souto Maior de Oliveira Lima

Luci Brasilina Dias

Marinalva Brasilina dos Santos

Marizete Ferreira da Silva

Rildaci Alves dos Santos

Riozete Ribeiro de Sá

 

Serviço:

Sérgio Matos

Corais de Acaú: (83) 9629 4986

Matérias Relacionadas: "Grades do Recife", "Inspiração paraibana, sim sinhô!"