À Moda da Casa

/ A moda com tempero paraibano

Oficina de Fotografia de Moda com Lucas Freitas promete inovação

O João Pessoa Fashion Week promove oficinas de moda gratuitas durante o evento que acontece entre os dias 24 e 26 de novembro
| Por: Da Redação
Oficina de Fotografia de Moda com Lucas Freitas promete inovação

O mundo da moda cada vez mais é representado por imagens. Acreditando neste interesse, o João Pessoa Fashion Week  abre o espaço para discussão, aprendizado e troca de experiências com a oficina Fotografia de Moda que será realizada pelo fotógrafo Lucas Freitas. A oficina será aberta e gratuita - com inscrições prévias - durante o evento que promete movimentar a cultura de moda paraibana. O JPFW acontece entre os dias 24 e 26 de novembro deste ano, na Estação Cabo Branco - Ciência, Cultura e Artes. Uma realização da empresa cearense Vila Models e da TV Tambaú, emissora paraibana afiliada do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

Lucas Freitas está programando uma oficina bem interativa com o público presente.  Além de partilhar seus segredos de fotografia, vai realizar demonstrações práticas, discutir conceitos de imagens, o uso em diferentes mídias de comunicação, planejamento e criação. "Quero que a oficina seja algo não apenas para profissionais, mas para  todos aqueles que gostam de fotografia e queiram entender mais como funciona este importante  veículo para produção na moda. Quem participar, irá sair dali correndo para fazer novos cliques", acredita Freitas.

Na hora do clique: ousadia e parceria

O jovem fotógrafo paraibano só tem 23 anos, mas já possui uma trajetória intensa na fotografia. Há quatro anos vem realizando os principais editoriais de moda e publicidade de João Pessoa, Natal e Recife e é sempre convidado para cobrir eventos importantes na área. No entanto, o que gosta mesmo é da criação através de lookbooks, editoriais, portifólios e campanhas publicitárias. Acredita já ter imprimido um conceito particular nas suas fotos, que dão o ar autoral à sua produção. "É fácil reconhecer uma foto minha, eu gosto um pouco do erotismo escondido que a moda proporciona; adoro cinismo nas fotos, gosto da pele, dos olhos. São vários conceitos. Na verdade, não opto nem pelo posado nem pelo descontraído demais. O que chegar mais perto do que eu estou pensando, eu clico e pronto.", explica.

Depois de experimentar várias possibilidades na vida artística, Lucas Freitas optou pela fotografia e foi fundo no estudo e na prática. Assim conta sua experiência: "Estudei na escola de Belas Artes, em São Paulo,  fiz também o curso de direção e coloração de foto com o importante Jacques Dekequerd, mas eu "desobedeço" muito a "Teoria Fotográfica", aliás, quem ousa, acaba desobedecendo".  Para fazer uma boa foto, ele acredita que é necessário pensar, planejar em conjunto com a produção. "Temos que estar todos sintonizados: o cliente, o produtor, o stylist de make-hair, até os assistentes. Todos têm que estar antenados com a criação para o resultado ser positivo". O fotógrafo aposta no desenvolvimento  da moda paraibana e crê que a mentalidade está mais aberta para o novo, principalmente com os novos cursos de formação de moda e eventos como o João Pessoa Fashion Week. "Estou feliz em contribuir com meu trabalho para este momento de transformação", conclui.

A cultura de moda se apresenta no JPFW

A moda revestida de cultura vai invadir a Estação Cabo Branco - Ciência, Cultura e Artes. Os 8.571 metros quadrados do equipamento projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer será palco do circuito cultural proposto pelo João Pessoa Fashion Week, com uma abordagem de moda distribuída entre palestras, exposições, exibição de filmes e oficinas. A simultaneidade das atividades nas diversas áreas do complexo estabelece uma dinâmica interativa, democrática e inclusiva.  

A programação dividida entre halls, auditórios, salas de exibição e capacitação vai preencher os turnos da tarde e noite. A torre espelhada - ícone da estrutura da Estação Cabo Branco - abrigará os nove desfiles que acontecerão no segundo pavimento, das 19h às 22h, durante os três dias previstos para o acontecimento. Ainda no mesmo edifício, exposições relacionadas à moda ocuparão lugares estratégicos nos dois pavimentos.

O público terá acesso gratuito às atividades ofertadas e a imprensa será credenciada para circular livremente em todos os espaços. Apenas os desfiles contarão com convites distribuídos previamente pelos lojistas que apresentarão suas coleções. A programação cultural guarda surpresas que prometem fazer do João Pessoa Fashion Week uma nova referência entre os eventos de moda do país. 

 

Veja a galeria de fotos assinadas por Lucas Freitas